Comentário do Departamento de Informação do Ministério das Relações Exteriores da Ucrânia referente à consulta pública ilegítima sobre o status das regiões de Donetsk e Lugansk
11 maio 2014 13:01

A realização em 11 de maio deste ano do "referendo" ilegítimo, inspirado, organizado e financiado pelo Kremlin, sobre o status das regiões de Donetsk e Lugansk é juridicamente nula e não terá nenhumas consequências legais para a integridade territorial da Ucrânia.

Os organizadores desta farsa criminosa conscientemente violaram a Constituição e as leis da Ucrânia, ignoraram os apelos das autoridades ucranianas e da comunidade internacional.

Atrás dos "referendos" e provocações estão as quadrilhas terroristas treinadas e armadas pelos padrões modernos russos.

A grande maioria dos cidadãos da Ucrânia nas regiões de Donetsk e Lugansk não cede a esses desmandos e não pega na mão as “cédulas de votação” criminosas e sujas de sangue de compatriotas.

O povo ucraniano não reconhece nenhuns referendos terroristas nem na região de Donetsk, nem na região de Lugansk, tampouco na Crimeia. A reação da comunidade internacional é similar.

Nosso país está a favor do diálogo de unidade nacional, sem ameaças e terrorismo, mas com abertura e solidariedade de todas as pessoas de boa vontade que buscam a paz, estabilidade e prosperidade para a Ucrânia.

Outdated Browser
Для комфортної роботи в Мережі потрібен сучасний браузер. Тут можна знайти останні версії.
Outdated Browser
Цей сайт призначений для комп'ютерів, але
ви можете вільно користуватися ним.
67.15%
людей використовує
цей браузер
Google Chrome
Доступно для
  • Windows
  • Mac OS
  • Linux
9.6%
людей використовує
цей браузер
Mozilla Firefox
Доступно для
  • Windows
  • Mac OS
  • Linux
4.5%
людей використовує
цей браузер
Microsoft Edge
Доступно для
  • Windows
  • Mac OS
3.15%
людей використовує
цей браузер
Доступно для
  • Windows
  • Mac OS
  • Linux