• A-
    A+
  • Português
  • Українською
1025º aniversário do Batismo da Rus de Kyiv
27 julho 2013 16:49

Em 28 de julho de 2013 o povo ucraniano, juntamente com outras nações eslavas, comemoram o 1025º aniversário do Batismo da Rus de Kyiv.

O cristianismo nas terras eslavas consolidava-se durante séculos. As fontes históricas confirmam a presença da fé cristã nas cidades gregas da Península de Crimeia, no início da Era Comum. Daí estendeu-se para a Europa do Leste. A Crônica dos Anos Passados (ou Crônica de Nestor, a mais antiga atualmente conhecida história da formação política do povo eslavo oriental, com a sede na cidade de Kyiv, escrita aproximadamente entre os anos 850 e 1110) contém um testemunho de que o Santo André abençoou as montanhas onde foi fundada a cidade de Kyiv e ergueu uma cruz no lugar onde agora fica a Catedral de Santo André. De acordo com outras lendas, o cristianismo em terras ucranianas disseminou o Papa Clemente IV, o discípulo do apóstolo Pedro. Há evidências de que os territórios da Ucrânia no início dos anos 60 do século IX alcançaram também os irmãos Cirilo e Metódio.

Como a primeira tentativa conhecida da cristianização oficial considera-se o batismo de Askold: Askold foi o primeiro dos príncipes de Kyiv que adotou a nova fé em 860. Em 955 batizou-se a Princesa de Kyiv Olga. Em seguida, foram construídas as primeiras igrejas cristãs em Kyiv. Finalmente, em 988 o príncipe Volodymyr começou o batismo (cristianização) do estado da Rus de Kyiv. De acordo com a crônica, o Batismo dos cidadãos de Kyiv foi realizado em 988 no rio Pochayna, um afluente do rio Dnipró. Desde então começou-se o batismo dos moradores de outros cidades e povoações da Rus.

O cristianismo em Rus teve um apoio particular do Estado. Metropolitas eram os líderes da igreja nas questões religiosas e canônica, bem como conselheiros do príncipe nos assuntos públicos. Após a divisão da Igreja (em 1054) para a ortodoxa e católica o clero da Rus era subordinado à Igreja Bizantina. A residência do Metropolita de Kyiv foi na cidade homónima onde foi construída a Catedral de Santa Sofia. Nos séculos X-XI foram criadas dioceses com centros em Belgorod (agora aldeia Bilohorodka, região de Kyiv), Yuriev (agora Bila Tserkva), Volodymyr-Volynskyi, Chernihiv, Rostov, Novgorod, Pereiaslavl, Przemysl, Polotsk, Turov, Smolensk, Halych, Ryazan, Lutsk, Suzdal e outros.

O batismo promoveu a unificação dos povos eslavos num estado único, deu um impulso para o desenvolvimento da economia, educação, espiritualidade e cultura. Rus igualou-se aos países monoteístas do mundo civilizado, aumentando o seu prestígio internacional. Isto confirmam, em particular, os casamentos dinásticos: Yaroslav o Sábio casou-se com a filha do rei da Suécia, irmã de Yaroslav tornou-se rainha da Polónia e suas três filhas - rainhas da Hungria, Noruega e França.

Outdated Browser
Для комфортної роботи в Мережі потрібен сучасний браузер. Тут можна знайти останні версії.
Outdated Browser
Цей сайт призначений для комп'ютерів, але
ви можете вільно користуватися ним.
67.15%
людей використовує
цей браузер
Google Chrome
Доступно для
  • Windows
  • Mac OS
  • Linux
9.6%
людей використовує
цей браузер
Mozilla Firefox
Доступно для
  • Windows
  • Mac OS
  • Linux
4.5%
людей використовує
цей браузер
Microsoft Edge
Доступно для
  • Windows
  • Mac OS
3.15%
людей використовує
цей браузер
Доступно для
  • Windows
  • Mac OS
  • Linux