• A-
    A+
  • Português
  • Українською
1000 anos da morte do Grande Príncipe da Rus de Kyiv Volodymyr o Magno
28 julho 2015 19:32

Hoje, dia 28 de julho se completa 1000 anos da morte do Grande Príncipe da Rus de Kyiv Volodymyr o Magno, que foi uma das personalidades mais importantes da Europa medieval.

Durante o reinado de Volodymyr o Magno a Rus de Kyiv tornou-se o maior Estado da Europa com a população de mais de 5 milhões de pessoas e o território de 800 mil quilometros quadrados. Na época as fronteiras do estado chegavam ao Mar Báltico no norte, ao Mar Negro no sul, às montanhas dos Cárpatos no oeste e ao rio Volga no leste. No início do século XI, a atual capital da Ucrânia teve 50 mil habitantes.

Volodymyr fez a reforma do governo local ao eliminar autonomias tribais e designar na frente deles seus governantes. O Príncipe também construiu uma línea de fortificações, e ordenou a organização das cidades de jeito militar, introduzindo o estatuto dos tribunais eclesiásticos.

Mas a maior importância para a história do nosso país tem a decisão do Príncipe Volodymyr o Magno de introduzir a fé cristã na base do Estado e da sociedade da Rus de Kyiv. De acordo com a Crônica dos Anos Passados (ou Crônica de Néstor, a obra histórica mais antiga atualmente conhecida sobre a formação política do povo eslavo oriental, com sede na cidade de Kyiv, que foi escrita aproximadamente entre os anos 850 e 1110), o batismo dos cidadãos de Kyiv foi realizado em 988 no rio Pochayna, um afluente do rio Dnipró. Desde então começou-se o batismo dos moradores de outras cidades e povoações da Rus.

Na continuação Volodymyr trouxe a Kyiv escritores, educadores e artesãos. Fundou escolas. Além disso, começou a cunhar sua própria moeda de ouro e prata, com a sua imagem de um lado e tridente – seu escudo de outro. Este escudo depois usaram vários de seus descendentes e o Estado moderno ucraniano adotou como seu brasão de armas.

O batismo promoveu a unificação dos povos eslavos num estado único, deu um impulso para o desenvolvimento da economia, educação, espiritualidade e cultura. Rus igualou-se aos países monoteístas do mundo civilizado, aumentando o seu prestígio internacional, o que permitiu ao filho de Volodymyr, o Príncipe de Kyiv Yaroslav o Sabio, casar-se com a filha do rei da Suécia, e a sua filha tornar-se rainha da Polônia e suas três netas - rainhas da Hungria, Noruega e França.

Toda a história milenar ucraniana está vinculada com a personalidade do Príncipe Volodymyr enquanto as cidades, povoações e igrejas estão nomeadas em homenagem a ele o que certifica a memória imortal do estadista, com agradecimento e reconhecimento do povo da Ucrânia.

Outdated Browser
Для комфортної роботи в Мережі потрібен сучасний браузер. Тут можна знайти останні версії.
Outdated Browser
Цей сайт призначений для комп'ютерів, але
ви можете вільно користуватися ним.
67.15%
людей використовує
цей браузер
Google Chrome
Доступно для
  • Windows
  • Mac OS
  • Linux
9.6%
людей використовує
цей браузер
Mozilla Firefox
Доступно для
  • Windows
  • Mac OS
  • Linux
4.5%
людей використовує
цей браузер
Microsoft Edge
Доступно для
  • Windows
  • Mac OS
3.15%
людей використовує
цей браузер
Доступно для
  • Windows
  • Mac OS
  • Linux