Para o aniversário de Tarás Chevtchenko
08 março 2019 22:52

No dia 9 de março em todo mundo comemora-se o aniversário do maior poeta do povo ucraniano Taras Chevtchenko.

Desde a infância Chevtchenko, nascido na família de escravos, tinha a paixão por desenhos e procurava possibilidades de aprende-los. Aprendia a pintura do mestre de São Petersburgo Vassili Cheriáiev. Juntamente com outros alunos, participava da decoração do Teatro Bolshoi e outros teatros de São Petersburgo.

O famoso pintor Karl Briullov e o poeta Vassili Zhukovski foram impressionados com o destino difícil do jovem talentoso e resgataram-no da servidão.

Já sendo livre, Chevtchenko estudou na Academia das Artes da Rússia e recebeu o título de Pintor.

Chevtchenko começou a escrever poemas ainda sendo escravo. A publicação da primeira coleção - "Kobzar" foi um evento de grande importância não só na história da literatura ucraniana, mas também para a formação da autoconsciência do povo ucraniano.

Suas obras literárias exultavam o espírito da luta de libertação e tiveram o sentido político-social, o que foi o motivo da sua prisão e exílio de dez anos com proibição para escrever.

No entanto Chevtchenko quebrou esta proibição e seguiu escrevendo em segredo. Pelas qualidades artísticas e significados ideológicos a lírica de Chevtchenko durante o exílio é uma etapa importante não só no seu desenvolvimento artístico, mas também na poesia ucraniana em geral, que adiantou a época literária e criou as bases para o desenvolvimento da poesia ucraniana no final do século XIX (Ivan Frankó, LessiaUkrainka).

Após a sua libertação, Chevtchenko veio para São Petersburgo, onde participava ativamente da vida social, recebeu do Conselho da Academia das Artes o título do Acadêmico de Gravura.

Logo foi autorizada a publicação das suas obras escritas e saiu uma coleção intitulada "Kobzar", que consistia de poemas escritas antes do seu exílio.

Mas os anos de exílio abalaram a saúde de Chevchenko que ficou gravemente doente e morreu em 1861. A morte de Chevtchenko foi uma enorme perda para a literatura ucraniana e movimento de libertação. No entanto, as obras do poeta fizeram uma contribuição notável no desenvolvimento da consciência estética, social e nacional do povo ucraniano. Sua poesia tornou-se uma época no desenvolvimento da língua ucraniana literária.

Claramente visível o impacto das obras de Chevtchenko nas literaturas das nações eslavas (búlgara, checa, polaca e outras).

No Brasil instalados três monumentos de Chevtchenko, todos nas praças da Ucrânia em Curitiba (29/10/1967), Prudentópolis (3/12/1989) e União da Vitória (29/03/2015).

Outdated Browser
Для комфортної роботи в Мережі потрібен сучасний браузер. Тут можна знайти останні версії.
Outdated Browser
Цей сайт призначений для комп'ютерів, але
ви можете вільно користуватися ним.
67.15%
людей використовує
цей браузер
Google Chrome
Доступно для
  • Windows
  • Mac OS
  • Linux
9.6%
людей використовує
цей браузер
Mozilla Firefox
Доступно для
  • Windows
  • Mac OS
  • Linux
4.5%
людей використовує
цей браузер
Microsoft Edge
Доступно для
  • Windows
  • Mac OS
3.15%
людей використовує
цей браузер
Доступно для
  • Windows
  • Mac OS
  • Linux