• A-
    A+
  • Português
  • Українською
Discurso da S.E. Sr. Embaixador da Ucrânia no Brasil Rostyslav Tronenko por ocasião da recepção oficial de Dia da Independência da Ucrânia
28 outubro 2019 17:38

Discurso da S.E. Sr. Embaixador da Ucrânia no Brasil Rostyslav Tronenko por ocasião da recepção oficial de Dia da Independência da Ucrânia

(04.09.19 Brasília -DF)

 Excelentíssimo Senhor Embaixador Kenneth Félix Haczynski da Nóbrega, Secretário de Negociações Bilaterais no Oriente Médio, Europa e África do Ministério das Relações Exteriores,

 Excelentíssimo Senhor Marcos Degaut, Secretário de Produtos de Defesa do Ministério da Defesa,

 Excelentíssima Senhora Secretaria de Políticas de Promoção de Igualdade Racial do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos Sandra Terena.

 Excelentíssimo Senhor Presidente do PRTB, Levy Fidelix.

 Senhoras e Senhores Embaixadores,

Amigos do Corpo Diplomático,

Srs. Deputados e Senadores;

Senhoras e Senhores,

Queridos amigos,

  Nos reunimos aqui hoje para celebrar o dia da Independência da Ucrânia, dia no qual comemoramos um País, festejamos uma Pátria, mas, antes de mais, celebramos um povo, o povo ucraniano.

 Um povo que possui história, língua, cultura, e uma fé cristã milenar, e o qual há 100 anos renovou o seu Estado Independente. Como todos sabem, a luta pela nossa independência contra o imperialismo e revanchismo russo ainda continua. E o preço que a Ucrânia está pagando pela sua escolha de liberdade para seguir rumo à União Europeia e OTAN, é exorbitante.

 Na atualidade, é um absurdo que um país ordeiro e pacífico como a Ucrânia, fique atrelado aos desejos imperialistas, cruéis e desrespeitosos de seu país vizinho, o qual mediante essa sede de poder, ceifou mais de 13 mil vidas de pessoas inocentes. Sem levarmos em conta as mortes em vida, das quase 2 milhões de pessoas que perderam suas casas, empregos, identidades e sonhos na República Autônoma da Crimeia, cidade de Sevastopol, e Região de Donbass. Eu me pergunto: Até quando fecharão os olhos e passarão panos quentes nessa situação?

 Até a expansão de novas fronteiras? Até se darem conta de que há mais ameaças eminentes?

 Muitos fecham os olhos por ser mais conveniente economicamente, ou por obterem algum tipo de benefício, sendo omissos, deixando o perigo ganhar força, avançar silenciosamente e de forma sorrateira, disfarçado de país amigo.

 Nós ucranianos, fomos duramente traídos por um país que acreditávamos que era um país irmão, pois os laços históricos assim nos uniam, mas infelizmente a contenda veio de onde menos esperávamos, e jamais acreditávamos que poderíamos comparar esse duro golpe, com um ditado popular muito verdadeiro: “Cuidado, pois Cobra mata abraçando!”

 E assim fizeram, e continuam a fazer com o meu povo. Sempre demonstrando suas “boas intenções”, mas como todos sabemos, “de boas intenções o inferno está cheio!”

 Por isso aproveito a oportunidade, e gostaria de agradecer a todos os Embaixadores, Representantes dos países da União Europeia, da OTAN, do G7, e dos demais países amigos pelo apoio constante, pela parceria, pela força e solidariedade com a luta da Ucrânia, e do povo ucraniano.

 Agradeço também com muito apreço, as Forças Armadas do Brasil, as igrejas brasileiras, a mídia, a sociedade civil, e principalmente o Governo Brasileiro, por ficar ao nosso lado. Temos muito orgulho por fazer parte desse momento de transição tão importante para o povo brasileiro. E acreditamos que o Brasil tem tudo para dar cada vez mais certo!

 Também, podemos dizer o mesmo da Ucrânia, pois o Presidente Zelenskyi tem feito um trabalho excepcional nos seus primeiros 100 dias de governo. Já conseguiu vitórias que em anos de história não haviam passado do papel.

Temos muito orgulho em dizer que foi banido na Ucrânia, qualquer imagem ou ideia que remeta ao nazismo, ao comunismo, ou qualquer tipo de regime de opressão.

 Ontem, o Parlamento ucraniano, tomou a decisão na qual tirou a imunidade dos nossos parlamentares, uma vez que envolvidos em questões criminais.

 Temos que acreditar em nossos governantes, e principalmente, temos que deixá-los trabalhar!

 Nós somos muito agradecidos ao novo governo brasileiro, ao Presidente Jair Messias Bolsonaro, aos seus ministros, os quais agradeço no nome do Sr. Ministro de Estado Ernesto Araújo, pela demonstração tão fraterna e atenciosa, a qual estamos recebendo. Nos faltam palavras para agradecer essa forma tão eficaz, humilde, e de sua equipe a qual expressa uma exímia profissionalidade e efetividade no âmbito da diplomacia.

 Ao nosso Presidente Zelenskyi, agradecemos já por esses 100 primeiros dias, os quais enche de orgulho o povo ucraniano, e aumenta cada vez mais a nossa esperança e certeza, de que a Ucrânia está seguindo cada vez mais para o caminho certo!

 Nosso Presidente, está surpreendendo o mundo de maneira muito positiva! E mais uma vez nos orgulhamos muito disso, pois o Presidente Ucraniano está sempre a favor do caminho da paz, da nossa liberdade, do fortalecimento de nossa soberania e de nossa integridade territorial.

 Aqui no Brasil, nós contamos com uma força grandiosa, que está entranhada em nossas veias, que é o nosso maior orgulho, e que é o nosso combustível e nossa engrenagem. A nossa amada Comunidade Ucraniana do Brasil, que conta com mais de 1 milhão de descendentes, e sua maioria está concentrada em São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

São trabalhadores, pais, mães, crianças e jovens, que nos enchem de orgulho e nos dignificam com sua história de luta, superação e conquistas, que já soma 128 anos.

 Com um trabalho árduo, e de muita tenacidade, que através de gerações enalteceram e conquistaram seu espaço na história, os descendentes de ucranianos galgaram um alto respeito, e desbravaram caminhos, como já por mim mencionados, desde São Paulo ao Rio Grande do Sul, alcançaram seu brilho próprio e reconhecimento na cultura, na gastronomia, na sua crença, e prosperaram na economia, onde retribuem com galhardia a acolhida, e deram uma grande contribuição para o desenvolvimento do Brasil, em todas as suas esferas.

 Graças a esse reconhecimento por parte do Brasil, nossas relações bilaterais foram levadas ao mais alto nível de parceria estratégica. São inúmeras as áreas que fomentam nossa parceria. Basta lembrar de nossas cooperações técnicos-militares, na área da saúde, na área do agronegócio, automotiva, siderúrgica, aeroespacial, na área química, na transferência de altas tecnologias, área de energia nuclear, defesa cibernética, e muitas outras.

 Destacando em especial a área jurídica e educacional, nas quais a Ucrânia e o Brasil buscam juntas cada vez mais, a ampliação de seu intercâmbio, o aperfeiçoamento e o modelo de excelência.

 Nos agrada que o número de estudantes brasileiros que escolheram as Universidades ucranianas como referência duplicou-se nos últimos anos.

Aproveito para expressar nossos parabéns, as meninas brasileiras, que em abril desse ano, conquistaram uma inédita medalha de ouro e 2 de bronze na Olimpíada Europeia de Matemática, na nossa capital em Kyiv. Ficamos muito felizes, de em algum modo fazer parte dessa história.

 Essas jovens são o exemplo e a denominação do esforço, da garra, da persistência, da conquista, e da sua própria vitória.

 Estamos criando cada vez mais parcerias e oportunidades, para que possamos seguir ombreando e melhorando cada vez mais nossa parceria estratégica.

 A Ucrânia tem muito do que se orgulhar!

Gostaria de agradecer a presença do Sr. Mario Sydorak e Pedro Nogas, juntamente com seus familiares, que estão aqui representando a Comunidade Ucraniana do Brasil. Eu e minha família agradecemos aos senhores por todo o vosso belíssimo trabalho, amor e garra para a manutenção da nossa belíssima e riquíssima cultura.

Não poderia deixar de mencionar, a presença do representante do Centro Israelita do Paraná, Cel. Álvaro Volnei Guimarães.

A todos, meu muito obrigado pela vossa presença e amizade!

,

Outdated Browser
Для комфортної роботи в Мережі потрібен сучасний браузер. Тут можна знайти останні версії.
Outdated Browser
Цей сайт призначений для комп'ютерів, але
ви можете вільно користуватися ним.
67.15%
людей використовує
цей браузер
Google Chrome
Доступно для
  • Windows
  • Mac OS
  • Linux
9.6%
людей використовує
цей браузер
Mozilla Firefox
Доступно для
  • Windows
  • Mac OS
  • Linux
4.5%
людей використовує
цей браузер
Microsoft Edge
Доступно для
  • Windows
  • Mac OS
3.15%
людей використовує
цей браузер
Доступно для
  • Windows
  • Mac OS
  • Linux