• A-
    A+
  • Português
  • Українською
NOTA DA REPRESENTAÇÃO CENTRAL UCRANIANO BRASILEIRA SOBRE O USO DA BANDEIRA E SIMBOLOS DA UCRANIA EM MANIFESTAÇÕES
02 junho 2020 19:56

A Representação Central Ucraniano Brasileira - RCUB, entidade que congrega as associações e sociedades civis e religiosas, representativas de aproximadamente 600.000 descendentes de ucranianos brasileiros, que integram o povo brasileiro há 129 anos, em face das recentes utilizações de símbolos ucranianos em manifestações e suas repercussões na imprensa , interpretações e julgamentos, vem manifestar-se em defesa dos símbolos sagrados e pátrios da nação ucraniana.

O uso de bandeira oficial da Ucrânia nas cores azul e amarela, com o seu brasão, e da bandeira com as cores preto e negro com brasão histórica de movimentos patrióticos ucranianos em uma manifestação na Avenida Paulista em São Paulo, foi feita de forma inadequada POR UM CIDADÃO BRASILEIRO, POR DECISÃO PESSOAL, e não por cidadão ucraniano ou descendente de ucranianos. As bandeiras e brasões utilizados na manifestações não são símbolos neonazistas e o movimento Pravey Sektor é um movimento ucraniano patriótico radical de direita formado em 2013, eleitoralmente inexpressivo.

Referir-se à bandeira e ao brasão oficial da Ucrânia, símbolos históricos da nação ucraniana, como símbolos de regimes já banidos pela segunda guerra mundial, ofende todos os ucranianos e a comunidade ucraniana brasileira.

A Ucrânia em 2014 e 2019 realizou eleições livres e democráticas, com alternância de poder, com reconhecimento dos observadores internacionais europeus, mesmo sofrendo brutal agressão militar da Rússia.

Dia 09 de Maio de 2020 por ocasião dos 75 anos da vitória da humanidade contra o nazismo o atual Presidente da Ucrânia Vladimir Zelenskyi afirmou: "Sem dúvida, um feito humano não tem passaporte. Mas a contribuição dos ucranianos para a vitória sobre o nazismo é enorme. E hoje ninguém pode privatizar a vitória. Ninguém pode dizer que isso poderia ter acontecido sem os ucranianos." 

 O agressor do norte, a Rússia, que ceifou desde 2014 a vida de mais de 13.000 ucranianos e deslocou milhões de ucranianos de seus lares, ocupou a Criméia violado o direito internacional, mantém uma guerra hibrida e aberta contra a Ucrânia no leste do país, tenta por todos os meios jogar na testa dos ucranianos a marca de nazi-fascistas pela política de Vladimir Putin. A Rússia de Putin, que não aceita a democracia na Ucrânia, possui uma máquina de propaganda muito grande; procura interferir na política e eleições em outros países e possui jornalistas a soldo em todo o planeta. Nós queremos acreditar que muitos no Brasil por um desconhecimento da história da Ucrânia e dos fatos que ocorrem no mundo eslavo manifestem-se de forma equivocada e não por má fé.

Os descendentes de ucranianos somos uma comunidade plural e laboriosa que integra o povo brasileiro engrandecendo a sua cultura. Entre tantos, lembramos Miguel Bakun, Helena Kolody e Clarice Lispector. Esta última que o Brasil importou para enriquecer a sua língua e literatura..

Por essas razões a Representação Central Ucraniano-Brasileira - RCUB, entidade civil, sem qualquer fim político-partidário, que defende os interesses de cidadãos brasileiros de origem ucraniana, abomina e rejeita o mau uso, o desrespeito e a profanação da Bandeira e do Tridente, símbolos sagrados da Pátria dos seus antepassados – a Ucrânia.

VITORIO SOROTIUK - Presidente JORGE RYBKA, ROBERTO ANDRE ORESTEN, MARIANO CZAIKOWSKI, LECIA LABAS, OLIANA REZETIUK e VILSON KOTVISKI Vice-Presidentes.


Outdated Browser
Для комфортної роботи в Мережі потрібен сучасний браузер. Тут можна знайти останні версії.
Outdated Browser
Цей сайт призначений для комп'ютерів, але
ви можете вільно користуватися ним.
67.15%
людей використовує
цей браузер
Google Chrome
Доступно для
  • Windows
  • Mac OS
  • Linux
9.6%
людей використовує
цей браузер
Mozilla Firefox
Доступно для
  • Windows
  • Mac OS
  • Linux
4.5%
людей використовує
цей браузер
Microsoft Edge
Доступно для
  • Windows
  • Mac OS
3.15%
людей використовує
цей браузер
Доступно для
  • Windows
  • Mac OS
  • Linux