Discurso do Embaixador da Ucrânia no Brasil Rostyslav Tronenko na recepção por ocasião da assinatura pela Ucrânia, Geórgia e Moldova dos Acordos de Associação com a União Europeia
03 julho 2014 17:53

Senhora Embaixadora Ana Paula Zacarias,

Senhor Embaixador Otar Berdzenishvili,

Senhor Embaixador Dimitri Alexandrakis,

Senhor Embaixador Rafaelle Trombetta,

Senhoras e Senhores Embaixadores,

Senhores Representantes das Autoridades do Estado, Civis e Militares,

Senhores Convidados, Caros colegas,

 

 Antes de mais nada, gostaria de parabenizar o Senhor Embaixador Dimitri pelo sucesso da presidência grega na União Européia e congratular o Senhor Embaixador da Itália, pelo começo da presidência do seu país na União Européia, e agradecer a Sra. Embaixadora Ana Paula pela tradicional hospitalidade e o Sr. Embaixador Otar pela ideia de realizar esta recepção, e pela oportunidade de poder dizer algumas palavras a todos vocês.

No dia 27 de junho em Bruxelas, como todos sabem, foi assinada a parte econômica e comercial do Acordo de Associação entre a Ucrânia e a União Européia ou em outras palavras – criada uma Área de Livre Comércio.

Este foi um grande dia, o mais importante para o nosso país depois de sua independência.

É um momento histórico e ao mesmo tempo orientado para o futuro.

Ele demonstra o quão drasticamente e rapidamente mudam os acontecimentos quando o povo usa toda sua força.

Os protestos populares conhecidos como Euro-Maidan e chamados pelos ucranianos como a “Revolução da Dignidade” provaram para o mundo que ucranianos pertencem a família europeia. Nós mostramos que compartilhamos os mesmos valores da democracia, liberdade, solidariedade e aspiramos a boa governança, Estado de Direito e justiça.

Nós pagamos e continuamos pagando o grande preço pela nossa escolha.

É indescritível a dor para as pessoas que perderam os seus familiares e amigos durante os acontecimentos sangrentos entre dezembro de 2013 – fevereiro de 2014. É terrível a crueldade daqueles que deram ordens para fuzilar as pessoas, sequestrar manifestantes, intimidar e aterrorizar o próprio povo. É lamentável o cinismo dos líderes do país vizinho, que aproveitaram o momento difícil na vida do povo que chamaram “irmão” para roubar a parte do nosso território e semear a violência e o terrorismo nas terras ucranianas tradicionalmente pacíficas, violando todas as normas do direito internacional, direitos humanos e princípios reconhecidos na Carta das Nações Unidas.

Apesar de todas essas dificuldades, em 27 de junho, em Bruxelas, o Acordo da Associação entre a Ucrânia e a União Europeia foi assinado. É simbólico que o recém-eleito Presidente da Ucrânia Petro Poroshenko assinou o acordo com a mesma caneta preparada para o dia 28 de novembro passado, em Vilnius. O Presidente disse: “Naquele dia isso não aconteceu, mas a caneta ficou. Isso demonstra, que os eventos históricos são inevitáveis”.

Inevitável também é a vitória do povo ucraniano. O povo que ama a liberdade mais do que a vida. O povo ucraniano tem a história milenar, que foi um berço para os eslavos orientais o qual desempenhou um papel importante na história da formação da Europa e da democracia.

Os brasileiros também sabem disso.

Permitam-me aproveitar esta ocasião para saudar de forma muito especial os meus compatriotas, a Comunidade ucraniana no Brasil, uma Comunidade que tanto orgulha, honra e dignifica o nosso país. Com seu sentimento patriótico herdado por seus ancestrais que há mais de 123 anos chegaram ao Brasil, e que é muito expressiva no Brasil com mais de meio milhão de descendentes, especialmente no estado do Paraná, e que  é um exemplo de integração bem sucedida na sociedade brasileira.

Cada vez mais, a Ucrânia, o Brasil e a União Européia tem que investir nessa rede inigualável de contatos, de tecnologia, de potencial humano, cultural e econômico, a qual num quadro global tem muito valor e potencial.  Nunca como agora, na sua história recente, o meu país necessitou tanto do vosso entusiasmo, empreendedorismo, da vossa solidariedade e apoio para enriquecer e disseminar este movimento de atualização das nossas relações.

Mais uma vez, agradeço muito ao meu povo e ao nosso atual governo, que está fazendo o seu melhor para a existência de uma Ucrânia livre, soberana, próspera, tranqüila e digna para todos, com o seu norte rumo a União Européia.

 

Muito obrigado. 

,

Outdated Browser
Для комфортної роботи в Мережі потрібен сучасний браузер. Тут можна знайти останні версії.
Outdated Browser
Цей сайт призначений для комп'ютерів, але
ви можете вільно користуватися ним.
67.15%
людей використовує
цей браузер
Google Chrome
Доступно для
  • Windows
  • Mac OS
  • Linux
9.6%
людей використовує
цей браузер
Mozilla Firefox
Доступно для
  • Windows
  • Mac OS
  • Linux
4.5%
людей використовує
цей браузер
Microsoft Edge
Доступно для
  • Windows
  • Mac OS
3.15%
людей використовує
цей браузер
Доступно для
  • Windows
  • Mac OS
  • Linux